Como organizar melhor o seu tempo

O dia acaba e você se sente frustrada. Ficou zanzando o dia inteiro, tentando resolver tantas coisas, mas no final não concluiu nada. Não arrumou a casa da forma que queria, acabou comendo besteira pois não teve tempo de lavar a salada, seu filho reclamou que mais uma vez você não brincou com ele. E você, que fez tanta coisa, na verdade não terminou nenhuma.

Você precisa aprender a dominar o tempo e não deixar ele te dominar. Parece fácil, basta fazer uma lista para não esquecer de nada, colocar as prioridades no topo da lista e não se distrair com futilidades. Simples, não? Sim, o princípio é esse, mas COMO fazer isso de uma forma que dê certo, é o grande diferencial. E é sobre isso que vamos falar aqui.

Antes de mais nada, você precisa identificar onde está perdendo tempo. Observe as atividades que você fez nos últimos dias e coloque no papel aquelas que seriam dispensáveis, ou que poderiam ter sido postergadas. Não pense no que você não está fazendo no momento. Não pense no futuro. Concentre-se no presente. Ficar tentando resolver o problema da próxima tarefa não vai te ajudar em nada na tarefa atual. O que falta nesse caso é concentração. Foco.

São muitos os teóricos do assunto por aí. E em uma coisa todos concordam: planejamento é essencial para saber organizar o seu tempo. E nada melhor do que elencar as tarefas todas e saber dividi-las corretamente para saber exatamente por onde começar.

Comece escolhendo como você quer visualizar a sua lista de tarefas. Há quem prefira um simples caderno até os que usam as ferramentas tecnológicas a seu favor. Não existe certo ou errado, existe a técnica que melhor funciona para você.

Seja lá qual o método que você use, crie o costume de iniciar ou de terminar o seu dia listando as suas atividades. Uma vez na semana também, organize todas as suas atividades. Algumas são mais complexas e demandam um pouco mais de tempo para serem finalizadas, considere isso. E o ideal é fazer também uma programação mensal e anual. Dessa forma você conseguirá dar atenção a todos os seus projetos: desde os de curto prazo, do dia a dia, até os grandes, de longo prazo! (Como fazer um curso ou aprender a tocar um instrumento. Quem sabe com planejamento finalmente esses sonhos não saiam do papel?). Se separarmos tempo apenas para as tarefas imediatas, nunca teremos tempo para as tarefas de longo prazo. Você precisa sim projetar o seu dia, a sua semana, o seu mês, o seu ano!

Mas por onde começar? 

Separe sua lista de tarefas em blocos que enumere as prioridades e as urgências. Ou ainda os compromissos pela data mais próxima. Você pode também separar as suas atividades como “quentes”, “mornas” ou “frias”;  prevendo o que precisa ser resolvido primeiro (quente) o que pode ser resolvido na semana (morno) e o que pode ser resolvido durante o mês (frio). Pergunte-se sempre: O que tem que ser feito hoje? O que seria bom resolver hoje? O que eu preciso resolver primeiro? O que é urgente e o que é importante? Só de separar as atividades assim, você já vai ter uma rota a seguir.

Mas cuidado para não exagerar. Já ouviu falar da tal Síndrome de Burnout? Esse termo em inglês significa esgotamento e representa exatamente isso: uma exaustão profissional. Ficar apenas trabalhando sem parar pode arruinar a sua criatividade.  Além, claro, de acabar com a sua saúde, causando exaustão e estresse. Muitas vezes precisamos dar pausas para não fazer nada. O chamado ócio criativo. Não fazer nada mesmo. Deitar e olhar pro teto. Para os workaholics, os viciados em trabalho, é de fato muito difícil praticar esse nadismo. Existem algumas atividades que ajudam no ócio criativo. É somente quando deixamos nosso corpo e mente fluir que surgem grandes e boas ideias, as tais “soluções criativas”. Então, reserve um tempinho para o seu ócio. Saber dosar o trabalho é o grande segredo para a produtividade.

Uma grande dúvida é se devemos seguir numa tarefa até o fim ou determinar um tempo para ela e, concluído esse tempo, partir para uma nova atividade. Isso vai depender do quão urgente é essa tarefa. Mas uma coisa é certa. Se não estiver rendendo, pare um pouco, faça outra coisa e volte a ela depois. E mais, determinar um tempo para cada coisa pode ser sim interessante, pois, evita dispersões inúteis. Para os que quiserem se aprofundar no assunto, existem muitos livros e vídeos sobre o tema que apresentam diferentes técnicas.

Se você trabalha home office, além de todas as dicas anteriores, é importantíssimo criar uma rotina de pontualidade. Inicie e finalize o seu dia sempre no mesmo horário. Isso acostuma o seu corpo e a sua mente. Acredite, a sua produtividade será maior. Carol Pais, empreendedora Favo afirma: “Organização e tempo é tudo. Sem isso não conseguimos fluir e colocar nossas metas em dia. Quando iniciei na Favo minha meta era pagar a parcela do meu apartamento. E hoje consigo pagar além dessa conta.” Se você  também é uma empreendedora Favo, veja aqui as dicas da Carol para organizar a sua rotina de empreendedora.

A falta de tempo causa em nós uma sensação de improdutividade. Com isso quem sofre é a nossa saúde. Sintomas como: dificuldades para dormir, gastrite, úlceras e alergias podem ser resultado da ansiedade gerada pela falta de tempo. Por outro lado a sensação de dever cumprido, provoca em nossa mente entusiasmo, alegria e satisfação. A vida passa a ter equilíbrio. Alguma dúvida ainda que saber gerenciar seu tempo é algo de extrema importância? 

Cada pessoa tem capacidades e ritmos distintos para executar as mesmas tarefas. Não necessariamente quem faz mais rápido vai fazer melhor ou pior. Apenas cada indivíduo tem o seu tempo. E conhecer qual é o SEU tempo pode fazer toda a diferença  na execução das suas tarefas. Sim. Autoconhecimento. Saber como funcionamos, como nos estimulamos e onde falhamos é importantíssimo para conseguir gerir melhor o todo. Já dizia o filósofo Sócrates “conhece-te a ti mesmo” pois somente por meio do conhecimento a verdade surge. A consequência disso é uma vida equilibrada e feliz.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Somos a

Favo

A Favo é uma empresa latinoamericana fundada em outubro de 2019 por Alejandro Ponce, no Peru. Com dois meses de operação em Lima, desembarcamos no Brasil sob o comando de Marina Proença pra sonhar ainda mais alto: vamos revolucionar a forma com que as pessoas fazem compras de supermercado, gerando renda pras famílias. 

A gente trabalha com quem sonha em empreender e tá sem grana pra investir. Acreditamos no poder das relações e que tudo pode ser mais justo quando nos unimos para gerar renda, economia e conveniência.

São muitos os que contam com a gente todos os dias, comprando ou vendendo nossos produtos. Conectamos pessoas e oportunidades, levando benefícios para os nossos parceiros e clientes, facilitando a compra online e simplificando a ida ao supermercado.

Sonhamos juntos e estamos todos do mesmo lado: quem compra, quem vende e quem faz essa relação acontecer.